Talaia Baixo quer chegar à categoria de Património Cultural Imaterial Nacional

01 Fevereiro de 2024

A+ A-

O Dia Nacional de Talaia Baixo é assinalado hoje pela segunda vez desde a criação da data em novembro de 2020. Agora, a meta é chegar à categoria de Património Cultural Imaterial Nacional. 

O presidente da Câmara Municipal de Mosteiros revela que os termos de referência já estão em elaboração. Fábio Vieira garante que depois de reunidas todas as condições necessárias o dossiê da candidatura vai ser submetido às autoridades. 

O Dia Nacional de Talaia Baxu que é património municipal imaterial vai ser comemorado com um fórum e uma caminhada musical.

“A Evolução de Talaia Baixo” e “Os Acordes de Talaia Baixo” são os tópicos a serem partilhados durante esse fórum que acontece do Museu do Café. Na mesma ocasião vão ser anunciados os vencedores dos concursos “Custas de Talaia” e “Talaia Baixo do Ano” conforme explica o Presidente da Câmara Municipal dos Mosteiros.

O contexto de formação dos vencedores do concurso “Custas de Talaia” vai ser acertado com a organização da Txam International Films Festival.  Gala Talaia Baixo que este ano homenageia o grupo Pró-Kultura é outra iniciativa local de valorização desse género musical diz Fábio Vieira. 

A candidatura de Talaia Baixo a Património Cultural Imaterial Nacional deve ser submetida ainda este ano. Para além do fórum que hoje se realiza para promover esse género musical, o município dos Mosteiros impulsiona, também uma Caminhada Musical na Praça Azambuja om a participação dos músicos locais e toda comunidade.

Ouça, em baixo, reportagem completa com jornalista Nany Vaz

Pode Interessar