UCID acusa o Primeiro-ministro de violar a Constituição e ter sido imprudente no reconhecimento da integridade territorial do Marrocos

12 Maio de 2023

A+ A-

O Presidente da UCID, João Santos Luís, acusa o Primeiro-ministro de ter violado a Constituição da República e de ter agido com imprudência ao reconhecer a Integridade Territorial do Reino de Marrocos em detrimento da auto-determinação dos povos Saharaui. 

João Santos Luís considera tratar-se de uma questão bastante sensível que poderá também beliscar a política externa de Cabo Verde.
 

Pode Interessar

Videos que pode Interessar