Vice Primeiro-ministro admite necessidade de um novo modelo de governança que seja mais participativo

16 de setembro de 2022

A+ A-

O Vice Primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, admitiu aposta numa nova formula de governação em Cabo Verde, que seja mais abrangente e participativa e inclusiva para a produção de uma nova visão e melhores resultados.

O governante, que discursava na abertura da reunião de alto nível para a discussão e aprovação deste novo Quadro de Cooperação entre Cabo Verde e Nações Unidas para o período 2023 a 2027, disse que o país e o Governo têm estado a trabalhar e a garantir o alinhamento.

No entanto, sublinhou que nesse novo contexto e nova visão de desenvolvimento “o lema é acelerar”, isto é, não só fazer, mas fazer rápido, no tempo certo, para que o país possa recuperar o tempo perdido e acelerar o desenvolvimento. Neste sentido, considerou que é necessário construir um novo modelo de governança que inclua três pilares fundamentais, entre os quais a participação dos beneficiários, das academias e do sector privado.

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios