Plataforma das ONGs já tem definidas as ações prioritárias para este ano

07 de janeiro de 2021

A+ A-

 

As Organizações da Sociedade Civil de Cabo Verde tudo em alinhamento com as políticas públicas e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

 

Além de acelerar a descentralização territorial da plataforma, Jacinto Santos propõe um plano de contabilidade específico para as organizações da sociedade civil e para reforçar a sua capacidade de intervenção social.

O Presidente da Plataforma das Organizações da Sociedade civil de Cabo Verde aponta como os principais eixos de intervenção para este ano o reforço de capacidade de intervenção das associações, a descentralização territorial da plataforma e a melhoria do quadro legal e institucional das organizações da sociedade civil. Jacinto Santos propõe um plano de contabilidade aplicada às organizações sem fins lucrativos.

A Plataforma das Organizações da Sociedade Civil quer ver reforçada a capacidade de intervenção das Organizações da sociedade civil.

Jacinto Santos alerta que o modelo clássico de funcionamento das associações está esgotado.

O presidente da Plataforma, propõe reforçar a parceria com a Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde para aprimorar as intervenções nas comunidades.

 

José ANtónio dos Reis - RCV

Disponibilizado online pela Multimédia RTC

Peça na íntegra, pelo jornalista José António dos Reis - RCV