Novo comandante da Esquadrilha Naval da Guarda Costeira empossado esta manhã

08 de janeiro de 2021

A+ A-

 

O Capitão-de-Navio, Pedro Santana lembra os meios de que dispõe a Esquadrilha Naval da Guarda Costeira. 


O Guardião, navio com capacidade oceânica, dois navios portuários: o Espadarte e o Rei e mais quatro com capacidade costeira, o Badejo, o Djeu, o Ponta e o Nhô Martinho resulta que a Esquadrilha Naval é o mais importante ramo e que dispõe de mais homens em toda a Guarda Costeira.

A escolha da data para conferir posse ao Capitão-de-Patrulha, José Mário Lopes Tavares, nada tem a ver com a efeméride que assinala o sexto aniversário do navio Vicente.

O comandante da Guarda Costeira assume que é uma mera coincidência.

A posse foi conferida pelo Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas, Major-General Anildo Morais.

O comando da Guarda Costeira localiza-se no antigo aeroporto de São Pedro, em São Vicente.

 

Júlio Vera-Cruz Martins/RCV
Disponibilizado online/Multimédia

Trecho de entrevista com Pedro Santana, Capitão-de-Navio