UFOA: "Cabo Verde ganhou um ponto na sua estratégia de atrair competições continentais para o país" - Mário Semedo

23 de janeiro de 2021

A+ A-

Terminou, este sábado, a Assembleia-geral da UFOA, União das Federações de Futebol Oeste Africanas, que vinha decorrendo desde ontem na Cidade da Praia.

Da reunião, destaca-se o facto de todos os assuntos em cima da mesa terem sido aprovados por unanimidade. É o caso, por exemplo, do Plano Estratégico da Organização, 2020-2023, adotado pela primeira vez.

Um dos principais eixos desse plano assenta no desenvolvimento do futebol jovem, realça Gerson Melo, diretor-executivo da UFOA.

A Federação Cabo-verdiana de Futebol foi a anfitriã da reunião. O presidente, Mário Semedo, enaltece a forma como tudo decorreu, num clima que diz ter sido de cordialidade.

Ao ter recebido esta Assembleia-geral da UFOA, Cabo Verde ganhou um ponto na sua estratégia de atrair competições continentais para o país, acredita Mário Semedo.

A Assembleia-geral da União das Federações de Futebol dos países da África do Oeste decorreu durante dois dias na cidade da Praia. Além da aprovação do Plano Estratégico da Organização para os próximos três anos, ainda se aprovou o Orçamento e o Programa de Atividades para 2021.

Reportagem RCV com jornalista Benvindo Neves


Artigos Relacionados