IEFP e Ministério da Economia Marítima apresentam projeto de formação e dignificação da atividade de venda ambulante de pescado

03 de fevereiro de 2021

A+ A-

Cerca de 50 jovens vendedores Ambulantes de Pescado  vão beneficiar do projeto: Formação em Gestão de Pequenos Negócios, lançado pelo Governo, hoje, na cidade da Praia, e, que está orçado à volta de cinco mil contos. A apresentação Pública da iniciativa, concebida pelo IEFP em parceria com o Ministério da Economia Marítima no contexto atual da pandemia da Covid-19, visando beneficiar os formandos com equipamentos e formação em finanças, foi presidida pelo Primeiro-ministro, que destacou importância do projecto para a autonomia e formalização dos beneficiários.

O objectivo é a valorização das atividades de cerca de 50 vendedores, permitindo-lhes acesso ao apoio ao emprego jovem, um dos problemas estruturais da economia e sociedade cabo-verdianas e, consequentemente reduzir a exclusão social e a pobreza. Prevê atribuir formação financeira, equipamentos e ferramentas como bicicletas, motos e carrinhas frigoríficas, particularmente, na segunda fase, que abarcará Santiago norte, e outras três ilhas, S. Vicente, Boa Vista e Fogo.

Uma aposta certa, que, se pretende ampliar a outros grupos disse o Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que admite entretanto, que o contexto da pandemia da Covid-19 afectou o objectivo de se alcançar a meta dos 45 mil postos de trabalho.

Espera-se, que com aquisição de kits de auto-emprego venha a viabilizar pequenas unidades de negócio, e ser alargado a outras ilhas, graças a um financiamento do governo, numa primeira fase de cinco mil contos, mas que, numa segunda fase, realça Paulo Santos, contará com o financiamento do Ministério da Economia Marítima.

Durante a cerimónia de apresentação Pública da iniciativa, Valdir Silva, porta-voz dos vendedores ambulantes de pescado, deixou uma mensagem.

IEFP lança em parceria com o Ministério da Economia Marítima o projeto de Formação em Pequenos Negócios para cerca de 50 vendedeiras/os ambulantes de pescado.

Reportagem RCV com jornalista Cândido Fortes