Sal: “Guardiões do mar” para monitorar a fauna marinha e combater as infrações

15 de fevereiro de 2021

ilha do Sal
A+ A-

“Guardiões do mar” é nome de um programa lançado oficialmente ontem (14) na ilha do Sal que visa monitorar a fauna marinha e combater as infrações cometidas no mar. O programa envolve o projecto biodiversidade e os pescadores das três comunidades piscatórias do Sal. 

Para o lançamento do programa, os pescadores da Palmeira, Santa Maria e Pedra de Lume reuniram-se no viveiro Green Garden num ambiente descontraído para socializar o programa “Guardiões do Mar”, trocarem experiências e momentos de confraternização. 

O Programa foi iniciado em maio passado com cinco botes de pesca artesanal, dentro da Reserva Natural de Costa da Fragata. 

Depois,  o programa evoluiu para mais 19 botes de pesca artesanal, para monitorizar as águas ao redor da ilha do Sal. 

Os actores deste programa são os próprios pescadores que labutam diariamente nas costas salenses. A primeira ferramenta para os pescadores exercerem o papel de guardiões do mar, diz Nelson Lopes, é a formação. 

É também facultado aos “Guardiões do Mar”, GPS,  fichas de monitorização de espécies, rádios e kits de primeiros socorros. 

No total, 25 botes artesanais e mais de 40 pescadores colaboram dentro do Programa Guardiões do Mar. 

Reportagem RCV com jornalista Valdemar Almeida


Artigos Relacionados