128 projectos de artistas afetados pela pandemia contemplados com apoio financeiro do Governo

18 de fevereiro de 2021

A+ A-

128 projectos foram contemplados com apoio financeiro no âmbito da “Medida Adicional de Apoio à Criação Artística” lançada pelo Governo. Ao edital do concurso que decorreu de 25 de Janeiro a 7 de Fevereiro foram submetidos 153 projectos. E destinam aos "candidatos/as que consigam comprovar que a área artística / cultural / criativa é o seu único fonte de rendimento".

As ilhas com número de candidaturas foram Santiago, com um total de 57 projectos, São Vicente com 25, e Santo Antão com 16 projetos. Da ilha do Maio deram entrada 14 projetos e do Sal 10. Da ilha da Boa Vista foram submetidos 4 projecto e de São Nicolau e Fogo 1 projecto cada. A lista dos o dos 128 projetos selecionados foi publicada na página Facebook do Ministério da Cultura e das Indústrias. 

No domínio das Artes Performativas foram contabilizados 82 projectos, artesanato 23, artes visuais 11, artes aplicadas 8, literatura 2 e eventos e espectáculos também 2 projetos.

Os 153 projectos a concurso no quadro do edital da “Medida Adicional de Apoio à Criação Artística” estão avaliados em cerca de nove mil contos.

O edital Simplificado para 2021 veio no sentido de responder a situação atípica em resultado da pandemia da Covid-19, financiando o maior número de projectos culturais vindos da sociedade civil realça o Governo em nota. Desde o primeiro lançamento desse tipo de financiamento, pelo Ministério da Cultura entre 2017 a 2021, já foram contemplados 252 projectos.

No regulamento do Edital consta que "o montante a ser atribuído as propostas aprovadas pode chegar até os 100.000$00 (cem mil escudos ECV)."