Aval que governo concede à CV Airlines tem propósitos eleitoralistas

02 de março de 2021

António Monteiro, Presidente da UCID
A+ A-

 

Quem diz é o Presidente da UCID, António Monteiro, para quem a justificação avançada pelo executivo de Ulisses Correia e Silva, suportada na crise provocada pela Covid-19, é conversa mais do que gasta para manter uma parceria danosa.


O Presidente da UCID diz que não percebe esta nova injeção de capital na Cabo Verde Airlines, empresa que, avança António Monteiro, já vinha em queda livre de perdas causadas por custos exageradíssimos de aluguer dos aviões. Por isso António Monteiro considera que não se entende esta nova medida tomada pelo governo.

O líder da UCID desafia o governo a esclarecer os cabo-verdianos que fundos os investidores tem metido na companhia e porquê só agora, a poucos dias das eleições legislativas, decide meter mais dinheiro na Cabo Verde Airlines.

António Monteiro considera que o país está perante um autêntico desmando na gestão dos seus  parcos recursos.

O líder da UCID diz ainda que esta nova garantia que o governo concede à Cabo Verde Airlines vai custar aos cabo-verdianos e lembra que um grupo de investidores externos comprou a companhia por uma módica quantia de cerca de 130 mil contos que nem sequer, diz António Monteiro, foi paga na totalidade.


RTC Multimédia
Disponibilização online (Estagiária - com supervisão)