Cabo-verdianos e estrangeiros espantados com a rapidez do NOSI na divulgação dos dados eleitorais no dia 18 de abril

21 de abril de 2021

A+ A-

Distribuição de tablets pelas assembleias de voto e sensibilização sobre sua utilização explicam rapidez do NOSI, Núcleo Operacional da Sociedade de Informação.

Cabo-verdianos e estrangeiros ficaram espantados com a rapidez do NOSI na divulgação dos dados eleitorais no dia 18 de abril. A TCV conversou com a Coordenadora do Projeto de Eleições no NOSI que explicou que o facto deveu-se à distribuição de tablets às assembleias de voto, e à sensibiilização e formações feitas antes do dia das eleições sobre como introduzir os dados de forma segura.

A engenheira Ana Marta, Coordenadora do projeto de eleições no NOSI, subinha que nas outras eleições as assembleias de voto tinham dispositivos electrónicos, mas resistiam na hora de utilizá-los.



Artigos Relacionados