Ataques de cães vadios é uma das causas da quebra brusca na produção do queijo tradicional na Boa Vista

22 de abril de 2021

A+ A-

O queijo de Cabra da ilha da Boa Vista tem mercado, mas precisa de uma atenção especial por parte dos poderes públicos. A associação dos produtores quer salvaguardar o sector e garantir rendimento às famílias do interior da ilha.  

O Presidente da Associação do Agrupamento Competitivo de Queijo de Cabra, Eliseu Almeida, justifica a quebra brusca na produção do queijo tradicional na ilha com os ataques de cães vadios, a seca e dificuldade no acesso a ração para alimentar o gado.

A paralisação do sector do turismo tem afetado o rendimento dos produtores da ilha. No entanto, Eliseu Almeida constata que o queijo de cabra têm mercado e defende a necessidade de uma forte aposta de todos os intervenientes no sentido de salvar o sector.

Eliseu Almeida defende medidas urgentes e assertivas para acudir os criadores e produtores de queijo de cabra na Boa Vista.

O Agrupamento ambiciona a criação de selo de qualidade do queijo da ilha Boa Vista.



Artigos Relacionados