Serviço Nacional da Proteção Civil dá ultimato aos incumpridores das medidas restritivas

06 de maio de 2021

A+ A-

Com o país em Estado de Calamidade até o dia 30, com exceção à ilha Brava, o Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros em concertação com várias entidades dá ultimato aos operadores económicos e cidadões quanto ao cumprimentos das medidas restritivas contra a Covid 19.

Uma equipa multi-sectorial constituída por elementos da IGAE, Polícia Nacional,Forças Armadas, Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) e Inspeção Geral do Trabalho, sob a coordenação do Servico Nacional de Protecao Civil e Bombeiros esteve esta manhã no Plateau com uma missão clara: mostrar a sua força no terreno quanto à fiscalização do cumprimento das medidas restritivas decretadas pelo Governo junto dos operadores económicos e cidadãos em geral. 

Foram abordadas pessoas na praça, ruas, instituições publicas e privadas. Falta de utilização de máscaras, estabelecimentos sem água e detergente para lavagem das maos, falta de alcool gel, algumas existentes sem qualidade, aglomerações são de entre váias anomalias registadas.



Artigos Relacionados