Voleibol de praia: duplas de Cabo Verde vão a Marrocos disputar qualificação para Tóquio

13 de maio de 2021

Irmãs Janice e Ludmila Varela
A+ A-

Afinal, Cabo Verde vai marcar presença, em Marrocos, na Taça continental de voleibol de praia, em femininos. A competição que, é qualificativa para os Jogos Olímpicos de Tóquio, está marcada para junho.

No ano passado, devido ao Estado de Emergência decretado no país por causa da covid-19, atletas nacionais não puderam marcar presença numa competição continental e ficaram eliminadas. A FCVB, Federação Cabo-verdiana de Voleibol, protestou e agora a CAVB, Confederação Africana de Voleibol, permitiu que Cabo Verde esteja entre os 17 países que vão disputar as vagas no continente, conforme explicou à RCV, António Rodrigues, presidente da FCVB  

Cabo Verde vai participar com duas duplas femininas: uma já está definida e é composta pelas irmãs Janice e Ludmila Varela. A outra será conhecida em breve.

“A dupla Janice e Ludmila tem de estar presente por causa da posição que ocupa no ranking africano. Relembro que nos Jogos Africanos de Praia, no Sal, ficaram no quarto lugar de África. Quanto à outra dupla, serão os selecionadores a decidir”, disse à Rádio de Cabo Verde.

Agora, a preocupação da FCVB prende-se com a questão dos treinos neste cenário de restrições impostas pela situação de calamidade vigente neste momento em Cabo Verde. António Rodrigues avançou que vai solicitar uma autorização às autoridades nacionais para que as atletas possam continuar com os treinos.

Questionado se Cabo Verde vai com a ambição de conseguir a qualificação para os Jogos Olímpicos, aquele dirigente mostrou-se cauteloso, já que, “há muita qualidade no continente”.

Em masculinos, Cabo Verde não participa porque não consta no ranking dos melhores 24 melhores países do continente.

Oiça, em baixo, a notícia com as declarações de António Rodrigues, presidente da Federação Cabo-verdiana de Voleibol

Benvindo Neves, RCV