INPS gasta mais 80 mil contos em evacuações. Um aumento de 6 % fase a 2020

13 de maio de 2021

A+ A-

O custo com o transporte e estadia em evacuações médicas entre as ilhas e para Portugal atingiu um pico histórico de 80,7 milhões de escudos no mês de março, um aumento de 6% face a 2020.

Em todo o ano de 2020, os custos com as evacuações médicas suportadas pela segurança social , que em alguns casos incluem acompanhantes, ascenderam a mais de 776,3 milhões de escudos, um aumento de 5,8% face a 2019.

Cerca de 65% do total dessas despesas em 2020 foram relativas às evacuações médicas para Portugal. Dados anteriores do INPS, Instituto Nacional de Previdência Social, referem que as evacuações médicas suportadas pela segurança social cabo-verdiana abrangeram 3.891 doentes em 2019, sobretudo, entre as ilhas do arquipélago e com menos quase 100 pacientes deslocados para tratamento em hospitais em Portugal. 

Globalmente, as evacuações médicas, suportadas pelo INPS, movimentaram em 2019 um total de 5.562 pessoas, incluindo em alguns casos familiares dos doentes.



Artigos Relacionados