“Fiquei feliz de ver Jovane festejar com a bandeira de Cabo Verde, tem todo o direito de o fazer” – Bubista

14 de maio de 2021

Jovane Cabral nos festejos do titulo do Sporting Club de Portugal [foto António Vale Photography]
A+ A-

Bubista concedeu uma entrevista à RCV na qual perspetiva os dois jogos particulares dos Tubarões Azuis, marcados para junho, com Guiné-Bissau e Senegal. Mas, também abordou outros assuntos, como, por exemplo, as críticas de que Jovane Cabral tem sido alvo por ter festejado o título do Sporting com a bandeira de Cabo Verde. Para os críticos, foi uma “atitude hipócrita” de um jogador que se recusa a jogar por Cabo Verde.

O selecionador nacional sai em defesa de Jovane e até diz que ficou feliz com o gesto do jovem avançado.

“Jovane tem todo o direito de festejar com a sua bandeira. Ele é cabo-verdiano  como qualquer um de nós. Fiquei feliz com o gesto dele, porque se sente cabo-verdiano”, começou por defender o selecionador, para quem as críticas dirigidas ao avançado são “exageradas”

Bubista abriu um pouco mais o jogo e revelou que Jovane Cabral está disponível para jogar pela seleção. Essa disponibilidade, acrescentou, já teria sido demonstrada ainda durante a fase de qualificação para o CAN.

“Ele nunca disse, pelo menos à nossa equipa técnica, que nunca viria. Disse-nos que tinha situações individuais que tinha de resolver e, da nossa parte, sempre respeitamos essa parte.”

Para o líder dos Tubarões Azuis, mesmo que o jogador tivesse recusado representar a seleção, a decisão teria de ser respeitada.

“Acho os comentários de algumas pessoas extremamente exagerados. Mesmo que ele não quisesse jogar pela seleção de Cabo Verde, ele tem todo o direito de escolha, o que há de mal nisso? Nada!”, atirou o antigo capitão da seleção nacional.

Bubista deixou uma garantia: o atacante do Sporting de Portugal poderá vir a ser opção em futuros jogos dos Tubarões Azuis.

“Antes de termos jogado com os Camarões, Jovane disse-nos que já estava disponível para representar a seleção. Neste momento, em relação aos dois jogos de preparação, a situação é diferente, não sabemos o que vai acontecer, é preciso conversar com os jogadores já que vão estar de férias a partir da próxima semana. Mas, quanto a Jovane, posso adiantar que nos próximos jogos ele estará pronto para representar a seleção com qualquer outro jogador cabo-verdiano”, concluiu.

Benvindo Neves / Moisés Évora, RCV



Artigos Relacionados