Maria “Tchumass” Correia: a atleta polivalente que este ano pode vir a estar no CAN de andebol e no Afrobasket

26 de maio de 2021

Maria “Tchumass” Correia
A+ A-

Há uma jogadora que poderá vir a estar no CAN de Andebol feminino, nos Camarões e, três meses depois, em setembro, regressar aos Camarões para voltar a representar Cabo Verde, agora no Afrobasket, caso a equipa nacional consiga qualificar-se. 

Falamos de Maria Correia "Tchumass" que integra neste momento a convocatória da seleção de andebol e está também na lista das pré-convocadas do combinado de basquetebol. 

Tchumass é conhecida por praticar e se destacar em diversas modalidades na mesma época desportiva. Compete na região Santiago Sul. Ela já se fartou de ganhar campeonatos regionais e nacionais em três modalidades:já venceu 7 campeonatos nacionais e 6 regionais. No voleibol 3 nacionais e 3 regionais. No basquetebol venceu dois campeonatos regionais [em basquetebol feminino ainda não há campeonatos nacionais].

Maria Correia, a Tchumass, compete em várias modalidades e ainda conseguiu arranjar tempo para concluir uma licenciatura em Direito. Foi em 2019. 

O seu desempenho dentro de campo já a levou a representar a seleção nacional em 5 modalidades, voleibol, andebol, basquetebol, voley de praia e andebol de praia Sempre com muito orgulho, diz "ser um privilégio resultado de muito trabalho e dedicação".

A atleta natural do Tarrafal de Santiago está perto de realizar um sonho que é marcar presença no CAN de andebol feminino, já em junho. Mas, o percurso da Tchumass na seleção de andebol já vem de longe, desde 2010, quando integrou o combinado sub20 que ficou no pódio, num torneio da Zona 2. 

Em 2010, então com 19 anos, estreou-se na Seleção Nacional de Andebol, com os Sub 20 onde a equipa que conquistou o Torneio Zona 2, no Mali. A mesma equipa participou no Campeonato de Africa Sub 20, classifica no 3º lugar. Já esteve em alguns jogos da Seleção Nacional seniores para o apuramento o Campeonato de África das Nações. Agora, Cabo Verde foi convidada a participar pela primeira vez no CAN 2021 nos Camarões, em junho. Tchumas está mais uma vez entre as eleitas para integrar a Seleção Nacional, diz que a possibilidade de participar na CAN é um “ grande sonho” dela e todas as atletas que praticam o andebol

Com o desporto a correr-lhe nas veias, nos últimos anos apaixonou-se pelo basquetebol. Há dois anos, foi campeã regional de Santiago Sul pelas Lady Rebels. A boa prestação valeu-lhe a chamada à Seleção Nacional de Basquetebol para o Afrobasket 2019, no Senegal. 

Nos últimos meses, Tchumas foi pré-convocada para as seleções nacionais de andebol e basquetebol. A Seleção Nacional de Basquetebol prepara qualificação para Afrobasket com jogos marcados para finais de junho e a Seleção Nacional de Andebol prepara o CAN de Andebol que arranca no dia 8 de junho nos Camarões. Perguntamos sobre a preferência da modalidade para representar Cabo Verde, em caso de os jogos coincidirem no tempo, diz que de momento não tem preferência…o importante é representar Cabo Verde. 

Oiça, a seguir, o audio da reportagem da RCV:



Artigos Relacionados