Retoma das atividades: Jorge Maurício apela para uma discriminação positiva para o Sal e Boa Vista

03 de junho de 2021

Jorge Maurício, Presidente da Câmara de Comércio de Barlavento
A+ A-

Na região de Barlavento já há empresas em falência e muitas fecharam as portas, embora não oficial, na sequência da pandemia da Covid-19. Informação avançada à RCV, pelo Presidente da Câmara de Comércio de Barlavento. 

Jorge Maurício defende alguma medida discriminatória positiva para as ilhas do Sal e Boa Vista que vivem, principalmente, do turismo. É que segundo o Presidente da Câmara Comércio de Barlavento temos empresários em algumas ilhas enfrentando dificuldades e, muitas vezes, com faturação zero. Jorge Maurício fala em falência de algumas empresas na região de Barlavento mas, não avança com os números.

Jorge Maurício apela para uma discriminação positiva para o Sal e Boa Vista no que toca à retoma das actividades.

Jorge Maurício reconhece que os empresários estão a passar por momentos difíceis mas, sublinha que é preciso fazer o equilíbrio entre o económico, o social e o sanitário.

E, para estarmos prontos para receber os turistas e os emigrantes, no verão, o Estado de Calamidade, prolongado por mais trinta dias, pelo Governo, é necessário nesta luta contra a Covid-19. Conclui Jorge Maurício, numa altura em que já temos empresas falidas na região de Barlavento, conforme o Presidente da Câmara de Comércio da zona Norte de Cabo Verde.



Artigos Relacionados