Sérvio Ljubomir Obradovic orienta seleção de Cabo Verde no CAN Andebol 2022

27 de setembro de 2021

A+ A-

Está confirmado! O sérvio Ljubomir Obradovic é o treinador escolhido para orientar a seleção nacional de andebol sénior masculino no CAN 2022, previsto para Janeiro em Marrocos.

Obradovic, de 66 anos, tem um vasto currículo. Destacou-se em Portugal, primeiro no Belenenses e, mais tarde, no Porto, onde ganhou seis campeonatos em seis temporadas, de 2009 a 2015.

Com créditos firmados no andebol europeu, o que faz o experiente treinador sérvio escolher a seleção de Cabo Verde para treinar? Foi a primeira pergunta que fizemos a Obradovic, na entrevista ao Jornal do Desporto.

“Muitos fatores. Eu treinei muitos jogadores cabo-verdianos. São pessoas que gostam de trabalhar, que gosta de crescer. Digo isso porque também estive em Cabo Verde há seis ou sete anos fazer um simpósio para treinadores. O presidente [da Federação] ligou-me, conversámos um pouco no sentido de orientar a seleção. Para mim é uma honra, um orgulho e um grande desafio tanto para mim, como para os jogadores.”

Obradovic diz apreciar a forma de trabalhar dos jogadores cabo-verdianos. Aliás, já treinou alguns. Casos, por exemplo, de Leandro Semedo e Gilberto Duarte, no Porto, e agora Gualter de Pina, no Avanca. Ao longo dos próximos dias, o sérvio promete trabalhar a fundo para conhecer os outros.

“Não conheço todos porque agora muitos deles jogam em Espanha. Este mês vou ver vídeos, vou ver jogos e conhecer cada um dos jogadores, as suas possibilidades. Também já me disseram que há em Cabo Verde alguns jogadores mais novos que podemos ver a treinar. Vamos fazer um bom trabalho.”  

Sobre as ambições de Cabo Verde no CAN 2022, a Federação Cabo-verdiana de Andebol estabeleceu como meta ficar novamente entre os cinco primeiros lugares, e assim, poder qualificar-se outra vez para o Mundial. Sobre esta ambição, Obradovic é cauteloso.

“Vamos ver, ainda é cedo falar sobre isso. Mas, o imperativo é entrar no CAN e classificar-se para o Campeonato do Mundo. É possível atacar o quinto, o quarto ou o terceiro lugar. Porque Egipto está à frente de todos em África. A Tunísia tem sempre uma boa equipa, Angola e Argélia também. Mas acredito que Cabo Verde pode lutar para jogar o Mundial e também, se possível, preparar-se para entrar nos Jogos Olímpicos de Paris.”

Sobre a preparação, tudo começa em novembro com um primeiro estágio de uma semana em Portugal. Depois há novo estágio em Dezembro. Em Janeiro, antes do CAN, a FCA pensa trazer a seleção para Cabo Verde.

Ljubomir Obradovic é, atualmente, treinador do Artística Avanca, equipa da primeira liga portuguesa. Uma função que, garante, não irá brigar com a sua tarefa de orientar Cabo Verde no CAN, em janeiro do próximo ano em Marrocos

Cabo Verde vai estar, em janeiro, em mais um campeonato africano de andebol sénior masculino. É a segunda presença consecutiva. Em 2020, recorde-se, a equipa nacional ficou em quinto lugar e ganhou o direito de estar no Mundial 2021, no Egipto. Só que, depois do primeiro jogo, seria obrigada a abandonar a competição devido aos muitos casos de covid-19 registado entre os jogadores cabo-verdianos.

Benvindo Neves

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios