Ganhar ou ganhar. Tubarões Azuis ultimam estratégia para jogo desta 5ª feira com Libéria

06 de outubro de 2021

Bubista orienta sessão de treinos no Gana (Foto: FCF)
A+ A-

É já esta quinta-feira o jogo Libéria x Cabo Verde, a contar para a terceira jornada de qualificação para o Mundial 2022. O duelo entre Águias e Tubarões Azuis dá-se em solo ganês. Depois de um empate fora e uma derrota em casa, o combinado cabo-verdiano parte em busca de sua primeira vitória nesta fase de qualificação.

Só nesta quarta-feira, é que a equipa técnica nacional pôde contar com o grupo completo. Ou seja, Bubista ficou com muito pouco tempo para montar com os jogadores a estratégia para enfrentar a Libéria. O capitão Marco Soares não dá importância a esse facto, diz que é uma situação normal.

“É uma condicionante que temos hoje em dia. Principalmente, por causa das viagens, que são complicadas. O normal é começar os treinos com todos os jogadores, mas é uma situação ao qual temos de saber nos adaptar. Não a que ver isso como um problema, mas uma oportunidade para irmos começando a preparar a estratégia para o jogo. Depois, os que chegam mais tarde acabam rapidamente por se entrosar. ”

Marco Soares olha para as duas primeiras jornadas e reconhece que a seleção poderia ter feito mais pontos. Mas agora importam os jogos que faltam. Cabo Verde quer entrar já amanhã na rota das vitórias

“O nosso objetivo é sempre entrar em campo para ganhar, seja com que adversário para. Tivemos dois resultados em que poderíamos ter conseguido mais, não tanto a nível de exibição, mas em termos de resultados. Não foi aquilo que desejávamos. Contra a Republica Centro Africana, e mesmo frente a Nigéria, poderíamos ter feito algo mais em termos de pontuação. Mas, o futebol é assim, agora temos de ganhar a Libéria e manter o foco no nosso objetivo ”

Marcos Soares é, atualmente, o jogador mais experiente da seleção nacional, tem 37 anos e já atingiu a marca das 50 internacionalizações.

O jogo desta quinta-feira entre Libéria e Cabo Verde está marcado às 13h00, hora do Gana, será meio-dia aqui no país. Terá arbitragem de um quarteto do Burquina Faso, liderado pelo juiz Jean Ouattara

Benvindo Neves



Artigos Relacionados