Navio Dona Tututa com registo de bandeira mas sem certificado de navegabilidade

21 de outubro de 2021

A+ A-

O navio Dona Tututa da Cabo Verde Inter-ilhas, já tem registo de bandeira, por um ano, emitido pelo Instituto Marítimo Portuário.

Agora falta o certificado de navegabilidade, a empresa deve cumprir uma lista de recomendações técnicas e solicitar nova visita de vistoria.

De grande porte e aparentemente novo, pelo menos a pintura exterior assim apontava o navio tem cerca de 69 metros de comprimento e capacidade para 220 passageiros e 43 viaturas.

Ele chegou ao Porto Grande em Mindelo, no dia 2 de julho para ligar as ilhas de São Vicente, São Nicolau, Sal, Boa Vista e Santiago, em 24 horas. 

No dia anterior, ele tinha atracado no Porto da Praia, depois de cinco dias de viagem de Portugal para Cabo Verde e foi recebido pelo Primeiro Ministro, Ulisses Correia e Silva que garantiu que o navio viria aumentar a conetividade entre as ilhas.

Questionado em conferência de imprensa do porque de após três meses e meio ainda o navio não ter realizado a viagem inaugural, o Diretor de Serviço de Segurança do Instituto Marítimo Portuário, adiantou que estão a aguardar pela CV Inter-ilhas que deve atender a uma lista de recomendações.

Segundo Miguel Fortes, a embarcação que já tem registo de bandeira por um ano, carece de alguns quesitos para garantir o certificado de navegabilidade nas águas de Cabo Verde.

 

RTC Online, com RCV (Raquel Mendes)

Disponibilizado Online por: Marcos Fonseca



Artigos Relacionados