Acordo de Pesca com a União Europeia tem sido ganhador nos dois anos mais recentes, Paulo Veiga

21 de outubro de 2021

A+ A-

O Acordo de Pesca entre Cabo Verde e a União Europeia nos dois anos mais recentes tem sido ganhador, permitindo uma planificação do desenvolvimento do sector e das comunidades costeiras, conforme o Ministro do Mar.

Paulo Veiga destacou a importância do acordo para a economia do País, hoje em São Vicente, numa sessão de trabalho da Comissão Mista de Supervisão.

Segundo o governante, face aos reveses da pandemia, o acordo permitiu que o sector das pescas ultrapassa-se o momento de crise sem muita tempestade.

Entretanto, para o bom funcionamento, Ministro, apontou várias competências desenvolvidas pelo país em fiscalização, controlo e sustentabilidade da atividade pesqueira.

Ele também apontou áreas em que a comissão mista poderá aprimorar o acordo, designadamente a fiabilidade dos dados quanto às capturas.

As políticas e a execução dos apoios sectoriais são, segundo a Embaixadora da UE, Carla Grijó, alavancas do acordo, determinando o alcance da parceria. A diplomata considera fundamental o reforço da comunicação, para que seja dado a conhecer a natureza da parceria.

Grijó manifestou a disponibilidade do bloco europeia em continuar a apoiar projetos de desenvolvimento da indústria pesqueira e das infraestruturas marítimas por serem importantes para a economia de Cabo Verde.

 

RTC Online, com RCV (José Pedro Santos)

Disponibilizado Online por: Marcos Fonseca



Programação

Ainda esta Semana

Últimos Vídeos

Últimos Áudios

Artigos Relacionados