Prevenção do Cancro da Mama é tema de seminário hoje na Capital

28 de outubro de 2021

A+ A-

As mulheres continuam a ser as mais afetadas pelo Cancro da Mama. Os dados de 2020 apontam para 50 mulheres adultas diagnosticadas com este tipo de tumor e apenas um homem, num horizonte de 364 casos.

A Coordenadora do Programa de Prevenção e Controlo de Doenças Oncológicas do Hospital Agostinho Neto, lembra que há tratamentos disponíveis no País e faz um forte apelo ao diagnóstico precoce neste dia em que “A Prevenção do Cancro da Mama” serve como pano de fundo de um seminário.

O cancro da mama é considerado um problema de saúde pública e afeta o mundo inteiro. Em Cabo Verde os dados apontam para 50 pessoas diagnósticas com a doença em 2020, segundo Carla Barbosa.

O aumento da taxa de incidência do cancro muito se deve à melhoria no diagnóstico que quanto mais cedo, melhor o tratamento que aos doentes se apresenta de forma multidisciplinar.

A “Prevenção do Cancro da Mama” é, hoje, tema de um seminário no Instituto Nacional de Saúde Publica que tem como objetivo partilhar informações e refletir sobre a abordagem da prevenção e do controlo do cancro da mama.

 

RTC Online, com RCV

Disponibilizado Online por Marcos Fonseca



Artigos Relacionados