MpD quer negociar com o PAICV, aumento da dívida interna

23 de novembro de 2021

A+ A-

O Movimento para a Democracia diz-se disponível para negociar com o Partido Africano para a Independência de Cabo Verde, o aumento do endividamento interno no Orçamento de Estado para 2022.

Apesar disso, o partido que sustenta o Governo não entende como será possível fazê-lo, já que o partido de oposição já se declarou contra a proposta de orçamento.

O PAICV tem um posicionamento contraditório ao afirmar que não viabiliza a proposta, ao mesmo tempo que quer negociar um artigo específico da lei de bases do documento.

O posicionamento é do Líder Parlamentar do MpD, João Gomes, que garante que o orçamento para 2022 é desafiador, mas responde aos desafios do país.

Apesar de haver abertura para negociação de ambas as partes, Gomes mantem-se com o pé atrás em relação às intenções do PAICV porque, lembra, a oposição já reprovou por duas vezes a mesma proposta.

Quanto ao debate com o 1º Ministro, o MpD acredita que se vai assistir a mais do mesmo por insistência do PAICV, que mantém a posição de querer manchar a reputação do Governo.

O MpD vai à Sessão Parlamentar de amanhã com convicção que está a fazer o melhor possível para o País, garantindo que só haverá aumento de impostos no último caso de não haver outras opções.

 

RTC Online, com RCV



Artigos Relacionados