CAN 2022. Um caso de covid-19 obriga Tubarões Azuis a adiar viagem para Marrocos

29 de dezembro de 2021

A+ A-

Afinal, a seleção nacional de futebol não viajou ainda para Marrocos. A caravana dos Tubarões Azuis tinha programado a partida para a noite de ontem, mas os planos acabaram por ser alterados à última hora.

A Federação Cabo-verdiana de Futebol explicou em comunicado que os motivos que estão na origem do adiamento da viagem relacionam-se com o facto de um dos jogadores, no caso Stopira, ter acusado positivo ao teste de Covid-19.  O defesa está assintomático e encontra-se em isolamento.

De resto, terá sido esta situação que ditou ao cancelamento da visita que a seleção nacional deveria fazer esta terça-feira ao Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva. A deslocação ao Palácio do Governo acabou por não acontecer.

O estágio de preparação para a CAN, que deveria prosseguir a partir desta quarta-feira em solo marroquino, agora continua a decorrer na Cidade da Praia.

A equipa técnica liderada por Bubista orienta mais um treino hoje, às 10h30, no estádio da Várzea. É a partir das 10h30.

Ontem, à tarde, a seleção realizou mais um treino. A equipa técnica teve à disposição 20 jogadores. Ponk, Kenny Rocha, Garry Rodrigues e Djaniny, que chegaram à Cabo Verde nas primeiras horas de terça-feira, já puderam integrar os trabalhos.

Benvindo Neves

Artigos Relacionados