Simabo corre o risco fechar nos próximos dias

07 de maio de 2022

A+ A-

Em São Vicente, 130 cães podem ficar sem abrigo. A Associação de Proteção dos Animais - Simabo corre o risco de ser fechado nos próximos dias. A Associação realiza uma campanha de adoção para conseguir um lar para os animais que estão ao seu cuidado. 

A Simabo ocupou durante mais de 7 anos o espaço de uma antiga fabrica de roupas na zona do Lazareto. De acordo com a voluntaria Rita Neves, o espaço vai ser vendido. A Associação precisa encontrar pessoas dispostas a adotar os animais.

Alerta a voluntaria que é urgente conseguir um lar para cerca de 100 dos 130 cães acolhidos pela Simabo – são animais que foram resgatados das ruas da cidade e cresceram ao cuidado da associação.

Em concertação com as autoridades municipais, a Simabo poderá ter em alternativa um novo espaço, mas, onde poderá abrigar apenas 30 animais. Até encontrar um espaço definitivo a organização não tem condições de receber animais para ficarem à sua responsabilidade.

Criada em 2008, a Simabo dedica-se ao cuidado e à proteção dos animais na ilha de São Vicente: socorrendo os cães e gatos em risco ou abandonados. Oferece cuidados veterinários, desparasitação e castração gratuita dos animais e tem desenvolvidos um trabalho de Consciencialização das pessoas.

 

RTC Online, com RCV

Artigos Relacionados

Programação

Mais Acedidos

Últimos Vídeos

Últimos Áudios